quinta-feira, 28 de junho de 2012

A Cura do homem da mão mirrada - Parte 6

6º - Jesus não responde nada, Jesus simplesmente vai agir. As atitudes de Jesus vão demonstrar e revelar a sua autoridade.
A intenção daqueles homens era de proteger as suas leis, a intenção de Jesus era dar descanso à vida daquele homem que tinha a mão mirrada. Deus se fez homem para cuidar de homens, ele é Deus de gente e não de tradições ritualísticas que impeçam que um homem receba o descanso do shabat.
1.     Jesus conhecia o pensamento deles e sabia que na mente deles aquilo seria um pecado mortal
2.     Jesus vai agir de uma forma inusitada, ele convida o homem para se manifestar diante de todos no meio da sinagoga
(Lucas 6:8) - Mas ele bem conhecia os seus pensamentos; e disse ao homem que tinha a mão mirrada: Levanta-te,e fica em pé no meio. E, levantando-se ele, ficou em pé.

(Marcos 3:3) - E disse ao homem que tinha a mão mirrada: Levanta-te e vem para o meio.

Aquele homem é coagido a tomar uma decisão muito rápida. Apreensivo ele resolve rapidamente e então com muita calma e tranquilidade ele vai se levantando e vem para o meio da sala onde Jesus estava, e diante dos olhares assustados e acusatórios de todos. Porque aqui é uma ambiguidade de pensamento. Uns torciam pelo milagre para ser benção e o nome do Senhor Deus ser glorificado. Outros, porém torciam pelo milagre acontecer para acusarem e prenderem Jesus por infringir a lei.

7º - Jesus estava expondo aquele homem diante de todos não para envergonhá-lo, mas para abençoá-lo.
1º -  Ninguém que tem uma deformidade física gosta de se expor desta forma.
2º - Jesus estava mandando que ele se destacasse dos demais, ficar de pé no meio da sinagoga seria uma exposição pública, todos testemunhariam o que iria acontecer naquele lugar.
3º - O alvo de Jesus não era ridicularizar aquela pessoa, mas era mostrar que não importa sua situação, (através dela o nome do Senhor será glorificado)
4º - Na sinagoga não se assenta assim como nós nos assentamos
5º - Todos se assentam em redor de frente um para o outro, e o pregador fica no meio, no centro,
6º - A tribuna fica no centro da sinagoga
7º - Para aquele homem, sair, e ficar de pé, foi um grande desafio,
E as perguntas dele?
O que vai acontecer? Será que ele vai me envergonhar diante de todos?
Será que vou ser curado ?
8º - Ele toma uma atitude de fé, e fica em pé.
“Eu não sei o que vai acontecer , EU VOU PARA O MEIO”
Ninguém vem para o meio porque sabe que tem plena certeza que vai dar certo, ele vem para o meio cheio de expectativas, ele vem para o meio cheio de sonhos, ele vem para meio acreditando que um milagre vai acontecer. Inconstante não vem para o meio, medroso não vem para o meio, tímido não vem para o meio, incrédulo não vem para o meio, fraco não vem para o meio. Só vem para meio que quer mudar, quem acredita, quem tem fé, quem tem coragem, quem tem intrepidez.
Lc 6. 8 -  E, levantando-se ele, ficou em pé.

“Jesus vai honrar você não é escondido é diante de todos” (Hino 212)
Eu quero estar com Cristo, Onde a luta se travar, No lance imprevisto 

Na frente m’encontrar.  Até que O possa ver na gIória, Se alegrando da vitória, 

Onde Deus vai me coroar! 

O homem está de pé ao lado de Jesus no meio de todos

1.     Imagine a cara de expectativa do povo
2.     E a cara feia dos fariseus

6º - Jesus agora responde a pergunta dos fariseus com outra pergunta  - (Lc 6.9)

Jesus faz questão de confrontá-los sobre o que se pode fazer no sábado

(Lucas 6:9) - Então Jesus lhes disse: Uma coisa vos hei de perguntar: É lícito nos sábados fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida, ou matar?

1.     Os fariseus, conheciam a respeito da lei, eles foram confrontados com uma pergunta
2.     Eles se vêm, de repente, em posição de risco.
3.     Como eles responderão, perante todo o auditório, sem correr o risco de perder sua autoridade?
4.     Por que será que Jesus não lhes responde a respeito do sábado, mas fala do fazer o bem e acrescenta à pergunta a questão de matar?

Os fariseus estavam “tão apegados” às leis daquele tempo, leis que eles próprios haviam estabelecido, e não entendiam que fazer o bem, curar um doente, ajudar alguém que precisava de ajuda não era um trabalho, mas um ato de amor!
Como eles não podem fazer nada. Qual o  menos arriscado? : permanecer em silêncio.

“E vocês o que fazem no sábado?”

Jesus estava tirando toda a sujeira debaixo do tapete, o tapete levantou e a sujeira ia aparecer, a hipocrisia, a mentira

Jesus revela que o culto deles era um puro ritual, não tinha adoração, tinha obrigações

Três pólos deste culto

1.     Jesus Cristo presente no meio
2.     Um homem com a mão mirrada – as pessoas necessitadas
3.     Fariseus procurando defeito no culto – murmuradores; críticos de plantão

Você só tem duas escolhas ou você é um necessitado ou é um fariseu ?

Jesus pergunta

(Mateus 12:11) - E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que tendo uma ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não lançará mão dela, e a levantará?

1.     Você gosta da sua ovelha – Deus também gosta
2.     Você cuida da sua ovelha – Deus também cuida
3.     Sua ovelha tem dono – Esta também tem

7º - Jesus estava dizendo aquele homem tinha dono

1.     Você tem dono -  (Mt 12.11)  - oleiro (vaso), ourives (jóias), agricultor (vinha), construtor( edifício) , jardineiro (flor do jardim) – Ele é pastor
(Mateus 12:11) - E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que (tendo uma ovelha,) se num sábado ela cair numa cova, não lançará mão dela, e a levantará?

Parece que eu vejo Jesus dizendo

(João 10:27) - As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
(João 10:28) - E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.  (João 10:29) - Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. (João 10:30) - Eu e o Pai somos um.

2.     Você tem grande valor

Você tem grande valor para Deus (Mt 12. 12).
(Mateus 12:12) - Pois, (quanto mais vale um homem do que uma ovelha)? É, por conseqüência, lícito fazer bem nos sábados.

Sabe por que você tem grande valor ?

1.     Pelo fato de ser homem (Imagem e semelhança divina) - Gn 1.26
1.     Pelo fato de sua redenção (você foi comprado e Jesus pagou o resgate) – I Pe 1.18,19
2.     Pelo fato de sua imortalidade (Porque agora você é imortal) – Jo 3.16
8º - Agora Aquele homem está no meio
Todo auditório PRESENTE será testemunha do que ESTA PARA ACONTECER
E todos os fariseus se calaram - (Marcos 3:4) - E eles calaram-se.
Houve um silêncio total na Sinagoga
9º - Jesus observa cada um presente naquele culto
(Lucas 6:10) - E, olhando para todos em redor,
(Marcos 3:5) - E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração
1.     Imagine a cena
2.     Jesus no meio
3.     O homem da mão mirrada ao lado dele
4.     E todos em silêncio esperando o que Jesus iria fazer

Jesus nos conhece

(Salmos 139:1) - SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. (Salmos 139:2) - Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. (Salmos 139:3) - Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. (Salmos 139:4) - Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces.

(Salmos 139:5) - Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.
(Salmos 139:6) - Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir.
(Salmos 139:7) - Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
(Salmos 139:8) - Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. (Salmos 139:9) - Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, (Salmos 139:10) - Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.


1.     Jesus entra dentro do coração deles

(Hebreus 4:12) -  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

(I João 3:20) -  Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.

(Hebreus 10:22) -  Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,

2.     Jesus esta olhando, investigando com indignação, e o que Jesus vê o deixa irado, indignado
3.     Parece uma controvérsia agora

Quem está sendo investigado agora Jesus ou os fariseus?

(Salmos 139:5) - Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.


Pr. Ezequiel Barbosa
@ezequielbarbosa.com

terça-feira, 26 de junho de 2012

A Cura do homem da mão mirrada - Parte 5

4º - Jesus assume a tribuna e começa a ensinar
Lucas 6:6) - E aconteceu também noutro sábado, que entrou na sinagoga, e estava ensinando;
Eu fico a imaginar o que Jesus esta lendo naquele dia. Lucas quatro vai nos apresentar Jesus lendo um trecho do profeta Isaías. Digamos que Jesus abriu as Escrituras e iria ler no pergaminho do profeta Isaías novamente. Jesus abre o livro em Isaias 41 e começa a ensinar o que o profeta queria transmitir ao seu povo.
Isaías 41: 1 - CALAI-VOS perante mim, ó ilhas, e os povos renovem as forças; cheguem-se, e então falem; cheguemo-nos juntos a juízo. 2 - Quem suscitou do oriente o justo e o chamou para o seu pé? Quem deu as nações à sua face e o fez dominar sobre reis? Ele os entregou à sua espada como o pó e como pragana arrebatada pelo vento ao seu arco. 3 - Ele os persegue e passa em paz, por uma vereda por onde os seus pés nunca tinham caminhado. 4 - Quem operou e fez isto, chamando as gerações desde o princípio? Eu o SENHOR, o primeiro, e com os últimos eu mesmo. 5 - As ilhas o viram, e temeram; os fins da terra tremeram; aproximaram-se, e vieram. 6 - Um ao outro ajudou, e ao seu irmão disse: Esforça-te. 7 - E o artífice animou ao ourives, e o que alisa com o martelo ao que bate na bigorna, dizendo da coisa soldada: Boa é. Então com pregos a firma, para que não venha a mover-se. 8 - Porém tu, ó Israel, servo meu, tu Jacó, a quem elegi descendência de Abraão, meu amigo; 9 - Tu a quem tomei desde os fins da terra, e te chamei dentre os seus mais excelentes, e te disse: Tu és o meu servo, a ti escolhi e nunca te rejeitei. 10 - Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. 11 - Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão. 12 - Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. 13 - Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.
Ele começa a falar, a ensinar a palavra e os olhos de todos eram fixados nele. Os presentes se deleitavam com suas palavras, e outros o analisavam palavra por palavra para ver o que ele falaria ou faria.
E quando ele fala? Que coisa extraordinária a autoridade da sua voz.
O poder da voz de Deus - Sl 29
Salmos 29: 1 - DAI ao SENHOR, ó filhos dos poderosos, dai ao SENHOR glória e força. 2 - Dai ao SENHOR a glória devida ao seu nome, adorai o SENHOR na beleza da santidade. 3 - A voz do SENHOR ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o SENHOR está sobre as muitas águas. 4 - A voz do SENHOR é poderosa; a voz do SENHOR é cheia de majestade. 5 - A voz do SENHOR quebra os cedros; sim, o SENHOR quebra os cedros do Líbano. 6 - Ele os faz saltar como um bezerro; ao Líbano e Siriom, como filhotes de bois selvagens. 7 - A voz do SENHOR separa as labaredas do fogo. 8 - A voz do SENHOR faz tremer o deserto; o SENHOR faz tremer o deserto de Cades. 9 - A voz do SENHOR faz parir as cervas, e descobre as brenhas; e no seu templo cada um fala da sua glória. 10 - O SENHOR se assentou sobre o dilúvio; o SENHOR se assenta como Rei, perpetuamente. 11 - O SENHOR dará força ao seu povo; o SENHOR abençoará o seu povo com paz.
1.     Jesus sabia como aquele homem estava
2.     Jesus sabia qual era a intenção dos escribas, dos fariseus
3º - Jesus estava sendo analisado para o acusarem
(Marcos 3:2) - E estavam observando-o se curaria no sábado, para o acusarem.
(Lucas 6:7) - E os escribas e fariseus observavam-no, se o curaria no sábado, para acharem de que o acusar.

(Mateus 12:10) - E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados?

O objetivo daqueles homens que eram escribas e fariseus conhecedores da palavra era intencional, maquiavélico e maligno. Eles conheciam Deus pelas Escrituras Sagradas, porém não tinham intimidade com este Deus. Ao ponto de não entenderem quando este Deus desceu na terra para resgatá-los.

Jesus esta sendo investigado minuciosamente, cada passo que Jesus dava era inquiridor, e questionado pelos fariseus. Havia uma equipe de detetives que estavam presentes à espreita na culminância de verem uma situação errônea diante da lei para o acusarem.

4º - Jesus conhecia os problemas internos da vida daquele homem
1.     Na Vida espiritual : não podia levar o  sacrifício; dar o dízimo, ofertar,
2.     Na Vida familiar : não podia abençoar, dar as mãos, abraçar
3.     Na Vida financeira – Ele não podia trabalhar com excelência
Sabe quando temos algo que não podemos nos manifestar algo sério que nos incomoda seriamente, Jesus conhece. Ele sabe que todo o momento destrutivo que você tem passado tem maltratado você. Mas Jesus vai tratar terapeuticamente da situação deste homem.
5º - Jesus também conhecia os pensamentos e intenções dos fariseus
(Lucas 6:8) - Mas ele bem conhecia os seus pensamentos;
Jesus sabia que estava na fase da Inquirição ele seria pressionado, jogado na parede, dissipado sem dó, iriam esmagar Jesus se eles pudessem. Estavam procurando um motivo para condená-lo. A falta de temor e respeito pelas coisas do Eterno era patente aos olhos de todos, eles não respeitaram nem o momento do ensino da palavra. Enquanto Jesus estava ensinando, ministrando a palavra com certeza gerando fé, esperança e novas expectativas para vida de muitas pessoas inclusive daquele homem que tinha a mão mirrada. Naquele momento de graça de receber o que Deus estava falando, a palavra oral divina aqueles homens vão agir inescrupulosamente sem nenhum senso de humanidade e vão questionar Jesus com uma pergunta impactante, mas não porque queriam ver Jesus agir para o bem de todos presentes, não, era uma pergunta que implicaria a postura e a opinião de Jesus diante das regras judaicas com relação ao sábado, ao shabat o dia de descanso. Do nada, mas de mentes malignas surge à pergunta:
(Mateus 12:10) - ...para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados?
Jesus conhecia a intenção daqueles homens, e sabia que a intenção do coração deles era intencionalmente acusá-lo de suas ações inerentes ao sábado.
Jesus sabia que eles o queriam acusá-lo, que eles estavam armando uma armadilha.
A questão que dava o tom da conversa era:

A do certo ou do errado. Do pode ou não pode?

É lícito curar no sábado?

Era a pergunta que pairava no ar, diante de todos os presentes na sinagoga.

Na mente daqueles homens o pensamento era: VAMOS PEGAR JESUS ELE VAI CRIAR UMA HERESIA

1.     Os fariseus estavam à espera que ele falasse ou fizesse algo para o acusarem.

2.     Parece que o objetivo deles era apanharem-no de uma vez por todas.

3.     O verbo katêgoréô está no aoristo do conjuntivo. Literalmente a palavra significa “falar contra” ou “acusar em justiça”. (Marcos 3:2) - E estavam observando-o se curaria no sábado, para o acusarem. Eles estavam procurando um motivo para a acusação.

4.     De acordo com os escritos rabínicos, admitia-se que se aliviasse o sofrimento de alguém quando a sua vida estivesse em perigo. Na situação atual, o homem não estava em perigo de vida, pois tinha apenas uma mão mirrada. Ele ainda poderia realizar muitas coisas com a mão apesar de ser tratado como maldito.

Todos os presentes estão baseados nos ensinos que eles aprenderam pela tradição de seus pais de anos e anos. Toda a religiosidade cultica que eles receberam como ensinamento dizia que era errado curar no sábado. Os rabinos sempre apontaram para a preservação do sábado como um dia de descanso inclusive das obras benéficas.

 A questão é que os homens olhavam apenas para o dia do sábado, e não para a essência do sábado que era gerar descanso. Gerar descanso, vida e novas esperanças para aqueles homens cansados do jugo e da opressão romana. Maltratados pelas intempéries da vida. A lógica divina do sábado era que Cristo é o nosso descanso. Cristo é o Senhor do sábado. Cristo é o nosso alívio. Este Jesus que é o nosso sábado se identifica com as dores do ser humano, ele tem compaixão pelo seu sofrimento, e sente a sua dor.

(Lucas 6:8) - Mas ele bem conhecia os seus pensamentos;

Imagine o silêncio na sinagoga, nenhuma palavra se houve na sala, um silêncio total pós a pergunta do fariseu. Porém, Jesus que nunca fugiu de um desafio, que nunca teve medo de oposição, que nunca correu das batalhas e nunca se encurvou por ser pressionado. Aceitou o desafio proposto. Porque Jesus tinha um propósito. Mudar a história daquele homem, trazer alento para suas dores intrínsecas, fazer aqueles homens entenderem o que era o descanso proposto pelo seu Pai. Todos precisavam dimensionar o verdadeiro sentido do sábado gerir descanso para os cansados e oprimidos, e os mesmos oferecerem o melhor da sua adoração ao Eterno.
Pr. Ezequiel Barbosa
@ezequielbarbosa.com

segunda-feira, 25 de junho de 2012

A Cura do homem da mão mirrada - Parte 4

3º - Imagine as dificuldades deste homem
Imagine as dificuldades deste homem. A falta de ter a mão direita dificultaria a execução de suas tarefas e principalmente de sua profissão. A vida daquele homem não era fácil.
Segundo o evangelho aos Hebreus apresenta este homem diz que ele era um pedreiro, e isto é confirmado por Jerônimo. Edgar Hennecke em seu comentário sobre o Novo Testamento diz que Jerónimo, no seu comentário ao evangelho de Mateus, diz que o evangelho que os nazarenos e os ebionitas usavam descreve o homem como um pedreiro e que pediu ajuda nos termos seguintes: “Eu sou pedreiro e ganho a vida com as mãos; Eu peço-te, Jesus, restaura-me a saúde, para que não tenha, com ignomínia, pedir o meu pão”. Então segundo Jerônimo ele ficou com a mão mirrada por causa de um acidente de trabalho, e isto lhe atingiu todas as áreas de sua  vida e agora estava condenado a estar amaldiçoado o resto da vida.. Alguns historiadores dizem que ele ficou com a mão direita atrofiada devido uma enfermidade, e não um defeito de nascimento.
Devido o atrofiamento da mão direita

Naquela época em que os enfermos eram tratados como amaldiçoados e excluídos do rol de Deus, era muito difícil para qualquer pessoa que fosse portador de algum tipo de enfermidade principalmente algumas específicas que envolviam questões espirituais.

1.     Era um homem infeliz, e magoado com a vida devido o acontecimento.
2.     Era um atrofiado, cuja mão direita pendia inútil, inerte e morta, sem qualquer serventia.
3.     Era triste socialmente, pois era vergonhoso para a família.
4.     Era triste profissionalmente pois já não desempenhava a sua profissão com tanta habilidade.
5.     Era triste e decepcionante espiritualmente, pois a mão direita significava muito para ele no mundo espiritual.

O que significava a mão direita segundo a tradição judaica?

1.     Era a mão pura (Sl 16.8 ; Sl 73.23 )
Salmos 16:8 - Tenho posto o SENHOR continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei.
Salmos 73: 23 - Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita.
2.     Era a mão da promessa divina (Is 41. 13)
Isaías 41:13 - Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo.
3.     Era a mão da bênção familiar , (Jacó e os filhos de José, Efraim e Manassés) -  Gn 48.11-20);
Gênesis 48: 11 - E Israel disse a José: Eu não cuidara ver o teu rosto; e eis que Deus me fez ver também a tua descendência. 12 - Então José os tirou dos joelhos de seu pai, e inclinou-se à terra diante da sua face. 13 - E tomou José a ambos, a Efraim na sua mão direita, à esquerda de Israel, e Manassés na sua mão esquerda, à direita de Israel, e fê-los chegar a ele. 14 - Mas Israel estendeu a sua mão direita e a pôs sobre a cabeça de Efraim, que era o menor, e a sua esquerda sobre a cabeça de Manassés, dirigindo as suas mãos propositadamente, não bstante Manassés ser o primogênito. 15 - E abençoou a José, e disse: O Deus, em cuja presença andaram os meus pais Abraão e Isaque, o Deus que me sustentou, desde que eu nasci até este dia; 16 - O anjo que me livrou de todo o mal, abençoe estes rapazes, e seja chamado neles o meu nome, e o nome de meus pais Abraão e Isaque, e multipliquem-se como peixes, em multidão, no meio da terra. 17 - Vendo, pois, José que seu pai punha a sua mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi mau aos seus olhos; e tomou a mão de seu pai, para a transpor de sobre a cabeça de Efraim à cabeça de Manassés. 18 - E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça. 19 - Mas seu pai recusou, e disse: Eu o sei, meu filho, eu o sei; também ele será um povo, e também ele será grande; contudo o seu irmão menor será maior que ele, e a sua descendência será uma multidão de nações. 20 - Assim os abençoou naquele dia, dizendo: Em ti abençoará Israel, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs a Efraim diante de Manassés.
4.     Era a mão da liberalidade da longevidade  (Prov 3.16)
Provérbios 3:16 - Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra.
5.     Era a mão de ofertar e oferecer sacrifício (Mt 6.3)
Mateus 6:3 - Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
6.     Era a mão de abraçar (Ct 2.6)
Cânticos 2:6 - A sua mão esquerda esteja debaixo da minha cabeça, e a sua mão direita me abrace.
7.     Era a mão da benção da multiplicação (Dt 28:8)
Deuteronômio 28: 8 - O SENHOR mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros, e em tudo o que puseres a tua mão; e te abençoará na terra que te der o SENHOR teu Deus.
O que significava ter a mão direita atrofiada segundo a tradição judaica?

Salmos 137: 5 - Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, esqueça-se a minha direita da sua destreza. 6 - Se me não lembrar de ti, apegue-se-me a língua ao meu paladar; se não preferir Jerusalém à minha maior alegria.

Salmo 137.5-6 - "Se eu de ti me esquecer, ó Jerusalém, que se resseque a minha mão direita. Apegue-se-me a língua ao paladar, se me não lembrar de ti, se não preferir eu Jerusalém à minha maior alegria"
1.     Quem tinha a mão esquerda ressequida era tratado como maldito, pois havia se esquecido de Jerusalém.
2.     A mão esquerda era imunda, por isso ninguém comia, nem liberava a bênção principal com a mão esquerda.
3.     Era sinal de vergonha (frustração, limitação, insegurança, amargura, ressentimentos).
4.     Segundo a tradição rabínica ele não podia abençoar seus filhos, nem sua esposa era um impedimento para ele abençoar o que era seu.
5.     Ele não podia orar porque Deus não responderia, eles levantavam a mão direita ao céu porque Deus toma a mão direita ligando o céu e a terra em uma conectividade no mundo espiritual.
6.     O texto de Isaias diz: Eu te tomo pela palma da tua mão direita. Então aquele homem não teria a benção divina estava debaixo de maldição e do juízo divino.
7.     Ele não poderia mais ofertar, dizimar e nem levar o cordeiro para o sacrifício
8.     Denotava ausência de conquista, de vitórias e de avanço.
9.     Para o judeu a mão direita era o ponto do início e a mão esquerda é o ponto do fim. Como eu posso ter um fim de bênçãos se eu ainda nem consegui ter um começo?
10.  A mão direita significava que todo começo tem o seu início no relacionamento com Deus. Ele toma o homem pela palma da mão direita e tudo começa. Por isso Jesus veio ao mundo para reconectar a mão direita do homem com a de Deus. Porque as coisas velhas se passam e tudo tem um novo começo.
No dia a dia o que significava
Era a mão do apoio, a mão da realização, a mão da atitude
·         Na Vida espiritual : Não podia levar o  sacrifício; dar o dízimo, ofertar, entrar na sinagoga e nem adorar. Não podia expressar a sua adoração em publico por causa da sua mão mirrada, ele escondia a mão e até fingia que era normal.
·         Na Vida familiar : não podia abençoar, dar as mãos, abraçar.
·        Na Vida financeira – Ele não podia trabalhar, estaria sem sustento. E se trabalhasse seu empenho, sua habilidade estaria prejudicada.
“Mas, ele ainda tem esperança de que vai chegar o fim daquela luta e o começo de um novo tempo na sua vida, a virada da página. (Is 59.1).”
Isaías 59: 1 - EIS que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.
1.     “Deus não nos chamou para estarmos paralisados na nossa produção por causa de um defeito, ou uma atrofia interior em nossa mão direita espiritual”.

2.     Deus nos chamou para produzirmos para o seu Reino (Jo 15.16)
João 15: 16 - Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.
Estamos vivendo uma época de Ministérios atrofiados, lideres e pastores que não podem mais estender a mão direita, pois perdeu a benção divina. O nosso lado mirrado nos torna em falsos adoradores, começamos a ter uma oração mirrada, conhecimento de Deus mirrado, leitura da palavra mirrada, vidas mirradas, linguagem mirrada, atitudes mirradas.
“Mão mirrada causa atrofiamento na sua vida em todos os aspectos”.
Quer pegar, tomar posse, produzir, ofertar, dizimar, contribuir, mas não podem, a mão esta mirrada, atrofiada. Não consegue abrir a mão para abençoar a obra de Deus e nem para abençoar a outros por isso deixa de ser abençoado.
Quando temos alguma área da nossa vida mirrada nos tornamos limitados, improdutivos, e infrutíferos. O nosso lado mirrado atrapalha a nossa liberalidade e consequentemente as nossas conquistas, os nossos sonhos e o nosso crescimento. Tem pessoas que perdem as maiores preciosidade da vida que são os amigos, parentes, o casamento e os filhos  e todo tipo de relacionamento por causa da sua mão mirrada, se tornam pessoas amargas, feridas, mal-humoradas, grossas que precisam da cura de Deus.
Deus deseja curar o seu lado mirrado para que você avance, em todas as áreas da sua vida. Na a sua vida espiritual, ministerial, familiar, financeira, em seus estudos, em sua profissão em seus negócios.
Pr. Ezequiel Barbosa
@ezequielbarbosa.com