domingo, 21 de agosto de 2011

Como eliminar as dívidas? 1º Passo

 


1º - Seja fiel ao Senhor Deus

Deus quer que seus filhos participem dos projetos divinos

(I Crônicas 29:9) - E o povo se alegrou porque contribuíram voluntariamente; porque, com coração perfeito, voluntariamente deram ao SENHOR; e também o rei Davi se alegrou com grande alegria. (I Crônicas 29:10) - Por isso Davi louvou ao SENHOR na presença de toda a congregação; e disse Davi: Bendito és tu, SENHOR Deus de Israel, nosso pai, de eternidade em eternidade. (I Crônicas 29:11) - Tua é, SENHOR, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é, SENHOR, o reino, e tu te exaltaste por cabeça sobre todos. (I Crônicas 29:12) - E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo. (I Crônicas 29:13) - Agora, pois, ó Deus nosso, graças te damos, e louvamos o nome da tua glória. (I Crônicas 29:14) - Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, para que pudéssemos oferecer voluntariamente coisas semelhantes? Porque tudo vem de ti, e do que é teu to damos. (I Crônicas 29:15) - Porque somos estrangeiros diante de ti, e peregrinos como todos os nossos pais; como a sombra são os nossos dias sobre a terra, e sem ti não há esperança. (I Crônicas 29:16) - SENHOR, nosso Deus, toda esta abundância, que preparamos, para te edificar uma casa ao teu santo nome, vem da tua mão, e é toda tua. (I Crônicas 29:17) - E bem sei eu, Deus meu, que tu provas os corações, e que da sinceridade te agradas; eu também na sinceridade de meu coração voluntariamente dei todas estas coisas; e agora vi com alegria que o teu povo, que se acha aqui, (I Crônicas 29:18) - SENHOR Deus de Abraão, Isaque, e Israel, nossos pais, conserva isto para sempre no intento dos pensamentos do coração de teu povo; e encaminha o seu coração para ti.

O rei Davi dispunha dos recursos para a construção do Templo de Jerusalém.

Por que convidou ele o povo para ofertar?

O método de Deus é diferente do nosso. A vontade de Deus é que seus filhos participem de seus projetos.

Ele conta com nossa participação.

Deus abençoa você para que você possa contribuir para a sua obra.

(João 10:10) - O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

Deus quer que você saiba que há abundância de Deus para a sua vida
" Se a pessoa está com a mão fechada para dar, não receberá. Para que Deus coloque algo na sua mão ela tem que estar aberta."

A Palavra de Deus diz : "Coisa mais bem aventurada é dar do que receber At 20:35

A infidelidade a Deus nos Dízimos e nas Ofertas tem impedido muitos crentes de viverem a vida abundante que a Palavra de Deus promete.

1) O que é o Dízimo?

É a décima-parte de alguma coisa ou dez por cento.

Deus é muito bom, de 100% Ele permite que fiquemos com 90%, nos pede apenas 10%!

Você vive bem melhor com os 90% com a benção de Deus, do com os 100% sem a benção divina.

Dt 14:22 - "Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo."
 
Lv 27:30 - "Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor."

Entenda este conceito:

1.     O dízimo pertence ao Senhor , é propriedade dele. Não nossa.
2.     O dízimo não é parte da nossa renda que damos ao Senhor.

Verdades que precisamos entender:

1.     O dízimo são os 10% pertencentes a Deus dentre tudo que Ele nos dá. (  É  Dele  )
2.     Nós não damos o dízimo, nos devolvemos o dízimo ao Senhor. ( é propriedade dele )

Por isso não devemos retirar do que sobra e sim das primícias da nossa renda.

Não é do que sobra, recebeu, pegou o dinheiro na mão, devolva o que é de Deus.

(Provérbios 3:9) - Honra ao SENHOR com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;

Dízimo Não é OFERTA!  Não confunda - Oferta é tudo aquilo que damos além do dízimo.

Ofertar é dar.

Na bíblia o seu conceito está ligado a idéia de sacrifício.

È dar algo que nos custe, que é valioso para nós.

II Sm 24:22-24

"Então disse Araúna a Davi: Tome e ofereça o rei meu senhor o que bem lhe parecer; eis aí os bois para o holocausto, e os trilhos e os aparelhos dos bois para lenha. Tudo isto, ó rei, Araúna te oferece. Disse mais Araúna ao rei: O Senhor teu Deus tome prazer em ti. Mas o rei disse a Araúna: Não! antes to comprarei pelo seu valor, porque não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada. Comprou, pois, Davi a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata."

Não devemos ofertar ao Senhor algo que não custe nada para nós.

( Ex.: os reis magos ) quase perderam a vida

A Lei da Semeadura

II Co 9:6;10- "Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará" "Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça."


A semente e o pão

O pão é para alimento, a semente é para semear.
Nosso dinheiro também tem estas duas finalidades: Sustento e Semear ( dar )

No verso 6 diz :

·         -Quem semeia pouco colhe pouco
·         -Quem semeia muito colhe muito

É o contrário da poupança:

Poupança        : " Quanto mais guarda mais tem "
Semeadura     : " Quanto mais semeia ( dá ) mais colhe ( recebe )

Ec 11:1-4 - "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. Reparte com sete, e ainda até com oito; porque não sabes que mal haverá sobre a terra. Estando as nuvens cheias de chuva, derramam-na sobre a terra. Caindo a árvore para o sul, ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará. Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará. Lançai o vosso pão sobre as águas

·         ·Lançai o vosso pão sobre as águas
·         ·”Repartir, dar, abençoar os outros e ser abençoado.”
·         ·Quem observa o vento (circunstâncias ) não semeara

OFERTA ALÇADA - Vem do Hebraico “teruma” = PESADAS, ALTAS, ELEVADAS, PRODUTIVAS...

(Malaquias 3:6) - Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos. (Malaquias 3:7) - Desde os dias de vossos pais vos desviastes dos meus estatutos, e não os guardastes; tornai-vos para mim, e eu me tornarei para vós, diz o SENHOR dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar? (Malaquias 3:8) - Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. (Malaquias 3:9) - Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. (Malaquias 3:10) - Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (Malaquias 3:11) - E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.


O DÍZIMO É BÍBLICO
 
A) NO VELHO TESTAMENTO
           
1) No Éden - Já vemos o princípio do dízimo quando o Senhor separou uma árvore para Ele

2) Abraão dizimou - Gn 14:20 - Note que Abraão não viveu debaixo da Lei e sim da Graça - Gál 3:17.

3) Jacó dizimava - Gn 28:20-22 - também viveu antes da lei!

4) Melquisedeque (Sacerdote) recebia dízimos - Hb 7:1-2 - antes da lei!

5) O dízimo foi depois incluído na Lei - Lv 27:30-32 - Nm 18:21-24 - Dt 14:22-29 “O dízimo será santo ao Senhor” - Os que costumam dizer que não dão o dízimo porque é coisa da lei, saibam que Jesus afirmou que a Lei não foi revogada “Não penseis que vim revogar a Lei ou os profetas: não vim para revogar, vim para cumprir” - Mt 5:17 ( leia até o verso 20).

6) Salomão, que foi o homem mais sábio da terra, afirmou: - “Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.” (Prov 3:9-10).



 
B) NO NOVO TESTAMENTO:

1) Em Jesus foi restaurado o tempo da graça (que existiu no tempo de Abraão) - e a graça não exclui o dizimar...

2) O Novo Testamento não anula, cancela ou revoga o V.T. apenas modifica ou adiciona... E não alterou a lei do dízimo!

3) Exemplos: 

O Fariseu da parábola - (Lucas 18:12)
Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.

Os fariseus em geral – (Mt 23:23)
(Mateus 23:23) – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

            “Estas coisas” - deveis fazer... ( praticar o juízo, a misericórdia e a fé )
            e “Não omitir aquelas” = ( dar o dízimo )

4) Judas Iscariotes era Tesoureiro do colégio apostólico - para quê havia um Tesoureiro?
Certamente para recolher dízimos e ofertas!

5 ) Jesus ratificou a prática do dízimo:

“Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus de modo nenhum entrareis no reino dos céus.” - Mt 5:20

            Exceder - significa fazer tudo de correto que eles faziam e muito mais.

7) “Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” - Lc 20:19-26

            De César - era o imposto
            De Deus - o dízimo!!!

8) Cristo é Sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque - SL 110:4 - Hb 7:17,21.

            Melquisedeque recebia dízimos de Abraão...

            Cristo recebe dízimos dos filhos de Abraão... (nós somos filhos na fé de Abraão)

9) Outros textos em que Cristo aprova a contribuição financeira e reprova a avareza:

            Aprovou a oferta da viúva pobre

Lc 21:1-4; Lc  11:42; Lc 12:15,22-31,42-44; Lc 16:1,2,10-12; Lc 18:18-23; 29-30; Lc 19:11-27

Nenhum comentário:

Postar um comentário