sábado, 27 de agosto de 2011

Como eliminar as dívidas? Seja dizimista fiel




 
O DÍZIMO E AS OS OFERTAS DEVEM SER ENTREGUE POR AMOR, POR PRAZER.

Esta é uma classe de poucos, que poderia ser de muitos.

Ela retorna a Deus com prazer aquilo que conseguiu ganhar no mês, agradecendo a Ele a fidelidade e o amor demonstrado em sua vida.

A semente é plantada e esperamos a colheita, não é barganha, é plantação, e colheita, seja fiel que você vai colher 100 por 1.

DESCULPAS INFUNDADAS ( QUE DEUS JAMAIS ACEITARÁ! )

  1) “NÃO ENTREGO O DÍZIMO MAS DOU OFERTAS” – As ofertas eram mais altas que os dízimos e eram santas ao Senhor Deus

Lv 27:30-32 “ O dízimo é santo ao Senhor” - A lei não foi revogada! Mal 3:8 diz que quem não dizima rouba a Deus - Uma oferta que é menor (não pelo valor!) não subistitue uma dívida maior! O dízimo é mais importante! 

2) “EU ADMINISTRO O MEU DÍZIMO...” - Errado! Está escrito:

“Trareis à Casa do Tesouro” - Deve ser entregue publicamente na Igreja onde se é membro ou participante;  

3) “NÃO DOU O DÍZIMO PORQUE GANHO POUCO” - Injustificável...

Sendo o dízimo percentual, ele é proporcional... É cálculo justo, igual para todos (10%).  - Jesus não olha apenas o que damos, mas o que nos sobra! (caso da viúva pobre, ele percebeu que não lhe sobrou nada!)

4) “NÃO DOU PORQUE NÃO SOBRA” - O Dízimo deve ser “primícia” para Deus e não resto.
Deve ser o primeiro pagamento quando recebemos o nosso salário. Deve ser dado pela fé! Deus está em primeiro lugar, e deve ocupar o primeiro lugar na sua vida, e também no seu orçamento.  

5) “NÃO CONCORDO COM A ADMINISTRAÇÃO DA IGREJA”

(Hebreus 7:8) - E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.

6) “O CONCEITO DE DÍZIMO VEM DA LEI”
Vimos que o princípio do dízimo já estava no Éden ( fidelidade )

Vemos também que 700 anos antes da lei, Abraão deu o dízimo de todos os seus bens a Melquisedeque, sacerdote do Deus Altíssimo. ( figura de Jesus )  - Gn 14:18-20

Melquisedeque era rei, não precisava ser sustentado por Abraão.

Abraão deu o dízimo num sinal de reconhecimento da soberania e autoridade de Melquisedeque.

Nem era uma exigência de Deus. Ele deu espontaneamente. Mais tarde seu neto Jacó seguiu seu exemplo e deu o dízimo quando teve a revelação da casa de Deus. Gn 28.22

A lei regulamenta o dízimo, mas o princípio do dízimo é muito mais profundo, e não depende da lei.

A graça sempre excede a lei, vai além. A velha aliança era baseada na lei de Moisés, mas a nova aliança é baseada na graça.

·         - Ao entregar o dízimo, o estamos entregando para Deus...
·         - Os Administradores dos recursos de Deus, terão que prestar contas da sua administração...
·         - E você prestará contas do que não deu!
·         - concordando ou não, devemos entregar o dízimo na igreja onde somos membros ou participantes.

Deus não permite que o crente use o dinheiro do dízimo em seu próprio benefício!

Deus promete bênçãos, mas também maldição!

 Adão quis usar o dízimo do Senhor ( A árvore separada por Deus para Ele ) - Veja que terrível punição recebeu!  

Agora veja que terrível verdade está em Ageu

(Ageu 1:2) - Assim fala o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do SENHOR deve ser edificada. (Ageu 1:3) - Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: (Ageu 1:4) - Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta? (Ageu 1:5) - Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. (Ageu 1:6) - Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado. (Ageu 1:7) - Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. (Ageu 1:8) - Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa; e dela me agradarei, e serei glorificado, diz o SENHOR. (Ageu 1:9) - Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro. Por que causa? disse o SENHOR dos Exércitos. Por causa da minha casa, que está deserta, enquanto cada um de vós corre à sua própria casa. (Ageu 1:10) - Por isso retém os céus sobre vós o orvalho, e a terra detém os seus frutos. (Ageu 1:11) - E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre os montes, e sobre o trigo, e sobre o mosto, e sobre o azeite, e sobre o que a terra produz; como também sobre os homens, e sobre o gado, e sobre todo o trabalho das mãos.

O muito que você espera se tornará pouco... O dinheiro vai estar sempre faltando na sua vida, não vai render!
É como se você pegasse todo o seu salário e pusesse em um saco, e, segurando-o pela boca, vai levando a bolada para casa... Só que o “saco” está furado, e o dinheiro perde-se todo pelo caminho.

A terra retém seus frutos... O Céu o seu orvalho!

  SACO FURADO NA VIDA DO CRENTE É...

- médico, farmácia, hospital, batida do carro, ladrão, etc.

No ritual de entrega dos dízimos e das ofertas, deveríamos observar a seguinte ordem :

  • Primeiro, o Pastor da igreja ou dirigente da congregação; devem ser o exemplo dos fiéis.
  • Segundo, Os Oficiais ( Tesoureiro, Diáconos e Cooperadores) e demais líderes;
  • Terceiro, a congregação em geral.
Diácono que não é dizimista e não é ofertante, que não se envolvem com o reino não podem nem recolher os dízimos e as ofertas traz maldição.

Tesoureiro que não é dizimista e nem ofertante não pode ser tesoureiro traz maldição e não há crescimento nas receitas da igreja.

Igreja que o pastor, que o tesoureiro, que os líderes, que os diáconos, e cooperadores não são dizimistas. Está impedindo a benção de Deus para esta igreja.

Igreja que o pastor, que o tesoureiro, que os líderes, que os diáconos, e cooperadores são dizimistas. Está trazendo e ministrando a benção de Deus para esta igreja.


A Bênção de ser um dizimista
Malaquias 3:11

1º - Fazer prova de Deus não é encostá-lo na parede.

2º - Não é colocar o SENHOR e desafiá-lo dizendo:

  • 'Tá aqui, Deus! Tô sendo dizimista! Vê-la o que vai fazer comigo!'
  • 'Como é que isso pode acontecer comigo, Deus? Não sou dizimista? Não te sirvo?
  • Cadê a tua promessa em minha vida?'

Você precisa ter fé, e fazer um compromisso com Deus.

Somos carnais e muitas vezes não vemos aquilo que Deus pode estar fazendo por nós, espiritualmente.

E uma bênção espiritual é maior e melhor que qualquer bênção terrestre

1º - Deus repreende o devorador, o cortador, o migrador e o destruidor.

2º - Deus faz prosperar o salário em suas mãos, ainda sendo pouco embora você não perceba.

3º - A semente que você plantou você vai colher no tempo e na hora de Deus

(Gálatas 6:7) - porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

Oferto e dizimo por amor, fé e fidelidade.

(estou dando e tenho o direito de receber), mas por obediência e amor a Ele.

Eu dou para Deus e espero Ele abençoar a minha vida espiritualmente e materialmente.

Isto é ter confiança em Deus.

Não há prosperidade maior do que servir a Deus em fidelidade e verdadeira adoração.

E ter a confiança na fé de que Ele, que é eterno, sempre estará nos protegendo e nos abençoando.

Depois que você aprender a ser fiel a Deus, aprenda a preparar um orçamento.

Não vai adiantar nada você ser dizimista e não ser organizado financeiramente.
Cuide daquilo que é de Deus e Deus cuidará de você . Seja fiel.

Pastor Ezequiel Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário