quarta-feira, 28 de março de 2012

A PESCA MARAVILHOSA - 3ª PARTE



3º - A palavra de Deus esta acima de qualquer situação

v. 4 –  E quando ele terminou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto , e lançai as vossas redes para pescar “ .

Era o próprio Deus que estava ensinando do barco de pesca de Pedro. O barco improdutivo agora era púlpito para anunciar a palavra do reino.

Com certeza este barco saiu da dimensão da terra apenas um pouco, apenas um pequeno espaço de distância ele foi empurrado para que Jesus pudesse ver a multidão e a sua palavra ser alcançada por todos.

Jesus termina de ensinar a multidãoa vai se afastando daquele barco que já não era mais improdutivo pois serviu de púlpito para pregar a palavara do reino de Deus. Este agora era um barco privilegiado porque Jesus estava nele.

De repente Jesus faz um desafio a Simão Pedro

Não era um simples desafio, era o desafio de um carpinteiro que tinha autoridade no céu, na terra, sobre os animais, sobre as aves dos céus, no mar , e sobre os peixes contra a experiência, o conhecimento e as habilidades de um grande pescador.

1.     Jesus que era carpinteiro vai ensinar a Pedro que era pescador como pescar.

2.     Jesus vai dar a ele  a localização geográfica de onde estariam os peixes.

3.     Jesus vai falar a ele a hora certa de pescar.


O que eles poderiam ter pensado?

1.     Será que é brincadeira de mau gosto de Jesus ? Jesus esta zombando, mangando, caçoando, tirando uma onda de nós?
2.     Este não é um dia bom para pescar. Nós não pescamos nada a noite toda e agora já é de manhã. E de manhã não se pesca, a hora é imprópria qualquer pescador sabe disto.
3.     Jesus não entende nada de pescaria ele entende de madeira ele é carpinteiro.
4.     Nós entendemos de pesca, todo bom pescador sabe que os peixes buscam alimento na superfície à noite e de dia eles descem para o fundo do mar , para não serem pegos.
5.     Isso é uma incoerência de Jesus, pois se durante a noite, o horário correto para pescar, nós não pegamos nada, pela manhã é impossível pegar alguma coisa, é perda de tempo.

Se Jesus mandou fazer é porque um milagre vai acontecer.  Há uns três anos atrás nós estavamos em casa com o nosso filho Isaque que não melhorava de uma dor no ouvido terrível, ele gemia de dor. E eu disse a Guga minha esposa que ia continuar orando por ele na igreja. A Guga ficou com o Isaque em casa e eu fui para o culto com o coração partido, cheguei na igreja subi para o altar e dobrei os meus joelhos. Quando eu estava orando na igreja os irmãos foram chegando, e de repente eu começei a falar em outras línguas que eu nunca havia falado, senti uma presença de Deus muito forte no ambiente. Eu perguntei para Deus o que estava acontecendo, e o Espírito Santo falou comigo que estava falando com Deus a meu respeito. Eu senti algo sobrenatural aquela noite, e o Espírito Santo comunicou-me que ao chegasse em casa eu coloca-se o dedo indicador dentro do ouvido do Isaque e falasse Efata – Abre-te. Foi um culto glorioso, mas eu não via a hora de chegar em casa para orar por meu menino, sai correndo da igreja e ao chegar ele gemia de dor. Coloquei o dedo dentro do ouvido e dise Efata – Abre-te. E ele foi curado na hora, não sentia mais dor, logo já estava brincando novamente e mais uma vez Deus provou que a palavra de Deus esta acima de qualquer situação.

Todos podem dizer que é parede, que a parede esta fechada, se Deus disse que é porta é porta e é porta aberta...

Com Deus não existe...será? pode ser? Acho que vai dar certo. Se ele falou esta falado.

O que ele fala pode até ser absurdo , ilógico, mas se ele falou ele se encarrega de honrar a sua palavra.

4º - Toda oportunidade apresenta uma dificuldade e toda dificuldade uma oportunidade

v. 4 –  E quando ele terminou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto , e lançai as vossas redes para pescar “ .

Jesus vai colocar diante de Pedro um desafio ,mas ao mesmo tempo uma oportunidade.

Se pararmos para pensar não é apenas um desafio é a maior oportunidade que Pedro já teve, é realizar uma pescaria pela manhã fora de horário, distante dos padrões lógicos. É ir contra todas as possibilidades de sucesso, remar contra a maré, é acreditar no impossível, é obedecer a palavra de um carpinteiro, que entende de madeira e não de pesca. Pois obediência é muito mais que cumprir algumas determinações é a capacidade de fazer algo mesmo quando somos contrariados.


Muitas vezes no percurso da nossa história somos impactados com situações emergentes que nos levam a decidir se acreditamos nas possibilidades divinas ou não. São situações que nos impulsionam para uma pescaria ampla ou nos engessa e nos neutraliza em uma vida pacata e medíocre de improdutividade e frustrações. O poder e autoridade da palavra de Jesus contraria a lógica humana, pois ela não se fundamenta no que você sabe ou fez, mas no que ela diz que você pode fazer.

Quantas vezes deixamos de obedecer a Deus por não entendermos o seu propósito para as nossas vidas?

Deus trabalha de forma diferenciada, com um estilo peculiar dele e com uma visão ampla e aguçada enxergando aquilo que nós não vemos. Para Deus não existe impossibilidades, terra que não produz fonte inativa, território inóspito, caminho desconhecido, existe a presença e a benção de Deus ou a ausência da presença e da benção divina.

Qual a diferença entre o Obstáculo e a Oportunidade – A minha atitude

AS MINHAS ATITUDES DECIDIRÃO O MEU DESTINO, O MEU FUTURO

Tem que ter atitude, iniciativa, postura de vencedor, sair da normalidade, sair da mediocridade, acreditar, crer no impossível.

Lembre-se de Davi  e Golias – Enquanto todos soldados em Israel diziam que aquele gigante era tão grande e tão poderoso que nunca o mataremos. Davi falava dentro de si : Ele é tão grande que com o meu Deus me ajudando eu não erro nunca a testa deste gigante.

São as minhas atitudes apresentadas diante dos desafios propostos e apresentados pela vida que revelarão como será o meu futuro.

“Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez”.

“Se você encontrar um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não leva a lugar nenhum”.

Como eu encaro os desafios ? Como oportunidades ou como obstáculos intransponíveis.

  1. Faze-te ao mar alto
  2. Lance a rede para pescar
A proposta de Jesus para Pedro era para que ele avançasse para as águas mais profundas e lançasse a sua rede no mar alto isto significa em águas profundas e não rasas. Ele teria que sair do natural para entrar no sobrenatural, ele teria que se distanciar um pouco da terra para adentrar no domínio da autoridade e do poder divino. Parece algo arriscado e não seguro, mas é a palavra de Jesus para ele.

Precisamos estar atentos a voz de Deus. As formas de Deus agir muitas vezes são loucura,como exemplo a cruz que é loucura para os que perecem, mas é o instrumento de salvação para os que creem.

Se quisermos ter sucesso com os absurdos de Deus é melhor ouvi-lo e obedece-lo,

Seu amigo em Cristo

Pr. Ezequiel Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário