segunda-feira, 23 de abril de 2012

A cura da sogra de Pedro - parte 4


Luc 4. 39. E, inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e (esta) a deixou. E ela, levantando-se logo, servia-os.

Os Evangelhos acrescentam detalhes que precisam ser permeados e analisados pelos nossos olhos e pela nossa visão espiritual para que possamos extrair detalhes de suma importância para o desenvolvimento da compreensão deste milagre. A averiguação de cada expressão é imprescindível para entendermos a profundidade deste milagre.

Olha o cuidado de Jesus, a atenção para quem cuida das coisas que são dele.

1.     Jesus se aproxima

Mc 1. 31. Então, chegando-se a ela...

(Levítico 26:17) - E porei a minha face contra vós, e sereis feridos diante de vossos inimigos; e os que vos odeiam, de vós se assenhorearão, e fugireis, sem ninguém vos perseguir.

A lei afirmava que Deus colocaria a face contra esta pessoa que fizesse algo no sábado. Imaginemos que a sogra de Pedro esta preparando as coisas para a chegada de Jesus da sinagoga, e de repente ela começa a passar mal, corpo fraco, queimando em febre e vai para a cama. A febre esta cumprindo o seu papel, de ordem divina baseada na lei, pois a lei teria que ser obedecida. Porém esta febre só poderia ser eliminada se fosse repreendida pelo próprio Deus.

O texto de Levítico diz que o próprio Deus do céu viraria a face contra ela, mas o Evangelho de Marcos vai afirmar que o Verbo de Deus, o próprio Deus que esta na terra, Jesus Cristo, o nosso Salvador vai em direção a ela. E a trata com carinho e não com desdém, demonstra amor e não a sua ira, revela a sua graça e não o seu juízo, se aproxima dela e não se distancia.
A febre é sintoma de uma infecção. Não adianta tratar apenas a febre, é preciso combater a infecção com antibióticos. Jesus é especialista em causas impossíveis. Em resolver a causa e o efeito. Jesus quando trata de cada um de nós, não trata apenas as consequências. A febre alta tem um começo, tem uma intervenção, tem as causas que nos levaram a ficarmos febril. Jesus vai com todo amor na causa da ferida, no momento que gerou a febre, a hora em que o vírus se alojou, naquilo que ocasionou os nossos problemas, e as nossas infecções.
São momentos de dores, de abandono, de solidão mas Jesus sempre vem ao nosso encontro e se aproxima, como pai, como  amigo, como nosso pastor, como médico,como nosso ajudador. Este é Jesus o amigo das horas incertas.
2.     Inclina-se, abaixa-se, encurva-se diante dela

Luc 4. 39. E, inclinando-se para ela...

Jesus desce até onde ela estava. Ele poderia ter dito uma palavra e ela logo sararia, mas porque Jesus vai parar e realizar todo este ritual de carinho, amabilidade e atenção para com uma senhora enferma em grande febre ardente.

Eu paro a pensar e começo a visualizar o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores se inclinando em direção a uma simples mulher que estava enferma. Ele não precisava se inclinar diante dela, mas ele o fez porque amava aquela mulher. Era ela que o servia com alegria, era ela que tinha prazer de fazer o que ele gostava, era ela que havia liberado o espírito, a alma e o corpo para servir a Jesus com alegria.

Jesus se inclina e não apenas se inclina.

3.     Toma-a pela mão

Mc 1. 31. Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão e levantou-a; e a febre a deixou, e servia-os.

Quando Jesus a toma pela mão era como se Cristo com ternura e amor dissesse: “Estamos juntos nesta peleja, nesta luta você não esta só. Quem cuida daquilo que é concernente ao meu reino, quem me serve com alegria eu tomo pela mão direita, e luto em favor da sua causa”.

Tomar pela mão simboliza: segurança, proteção, cuidado, amor, etc...

Somente Jesus Cristo é que pode segurar em nossas mãos e não nos deixar cair para que saibamos que nele nós estamos seguro.

4.     Repreendeu a febre

Luc 4. 39. E, inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e {esta} a deixou. E ela, levantando-se logo, servia-os.

É necessário pararmos para analisarmos alguns detalhes exegéticos deste texto.

Ela estava bem e de repente do nada um espírito maligno de enfermidade veio sobre ela e lhe colocou na cama. Jesus não viu isso, pois senão já a teria curado. Mas quando ele chegou ela estava muito enferma quase a morte.

Jesus com autoridade vai repreender a febre. Willian Hendriksen vai dizer que a febre, ventos, as ondas, as tempestades, os espíritos malignos nada disso faz diferença para Jesus. Ele tem completo controle sobre tudo.

A expressão usada por Jesus para repreender no grego é “epitimao” que significa reprovar, sentenciar.

Quem mais usou esta expressão no Novo Testamento especificamente nos Evangelhos foi o próprio Jesus. Ele usava nas suas repreensões. Principalmente quando se dirigia contra os espíritos malignos.

Isto significa que Jesus neste relato repreendeu uma ação maligna.

Richards diz que essa palavra indicava uma ordem expressa por Deus ou seu porta-voz, pelas quais poderes malignos eram forçados a se submeterem. Assim como o demônio era um poder maligno que pretendia prejudicar a humanidade, a doença era um poder maligno.

Alguns entendem então que a febre é colocada por um espírito maligno permitido por Deus pelo fator da desobediência para com a lei divina.

Permita-me pensar contigo e usar o raciocínio.

Imagine agora a posição deste espírito maligno, desta febre ardente diante de Deus.

Eles perguntam : Deus sai ou não saio? A permissão é sua.

E Deus, o Pai, sutilmente diz: Olha quem esta dando a ordem? É o meu Filho, o Verbo de Deus.

Agora a febre tem que ir embora, a ordem já foi liberada e a sogra de Pedro começa a se sentir melhor, restaurada e passa a receber não um calor ardente mas um refrigério da parte de Jesus Cristo que veio do céu.

5.     Ajudou ela a se levantar

Mc 1. 31. Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão e levantou-a; e a febre a deixou, e servia-os.

Aquela que Deus viraria a face contra ela, agora o próprio Cristo, o Filho de Deus, o Verbo encarnado, estava olhando dentro de seus olhos repreendendo a febre e tomando ela pela mão para ajudá-la a se levantar.

8º - Ele não apenas trouxe restauração a sua saúde, mas também Jesus a colocou de pé.
Mc 1. 31. Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão e levantou-a; e a febre a deixou, e servia-os.

Após um momento de quase estar morta, a sogra de Pedro começa a se levantar auxiliada por Jesus. Perceba que coisa linda da parte de Jesus, ele não a tomou pela mão e simplesmente a sentou na cama. Não. Ele a tomou pela mão e a ajudou a se levantar. Ele a colocou de pé novamente.
1.     Jesus a tomou pela mão e levantou-a. Jesus esta demonstrando a ela que o milagre só acontece para quem tem coragem de se colocar de pé.

2.     Só pode ter milagre para quem se coloca de pé. Se você permanecer prostrado não tem milagre. Mas se você se colocar de pé Deus tem um milagre para sua vida.

3.     Para que ela recebesse um milagre da parte de Jesus era necessário ela se levantar e adotar uma postura de alguém que estava bem, com saúde.

4.     Quando ela se coloca de pé, esta dizendo: Estou curada, não vou ficar prostrada, tenho saúde, não tenho mais nada, Jesus já me deu vitória, sou uma pessoa curada e não mais enferma.

Ao adotar essa postura de fé, de coragem, de autoridade espiritual o texto de Marcos diz que a febre a deixou.

Este detalhe é uma característica extraordinária deste milagre. A maneira como Jesus aplicou a sua graça de uma forma tão intensa e tão poderosa demonstra que ao ela se colocou de pé logo a febre a deixou.
Jesus vai te ajudar a se colocar de pé. Mas se levante e tome postura de vencedor e ao se levantar volte a fazer o que Deus colocou em suas mãos.
9º - Jesus vai te ajudar a se levantar, mas ao se levantar volte a fazer o que Deus colocou em suas mãos.
Mc 1. 31. Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão e levantou-a; e a febre a deixou, e servia-os.

Luc 4. 39. E, inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e {esta} a deixou. E ela, levantando-se logo, servia-os.

Ela espontaneamente voltou a servir a Jesus com alegria.
Ela recebeu uma restauração tão completa, que foi energizada pelo um espírito de vigor e graça que começou a servir a Jesus.
Ao ser tocada por Jesus e ser colocada de pé por ele a febre se foi, a fadiga se foi, a canseira se foi, o desânimo se foi, que ela volta a fazer o que ela sabe fazer servir Jesus.
Talvez um sentimento de gratidão invada a sua alma que ela pensa: Vou dar para ele o que eu sei fazer de melhor. Servi-lo.
Já me fizeram esta pergunta; Por que pastor ela não foi descansar?
Por que ela vai servir a Jesus novamente como se nada tivesse acontecido?
1.     Servir a Jesus e aos discípulos porque ela entendeu que ela tinha valor para Jesus
2.     Servir a Jesus porque ela entendeu que era amada por Deus
3.     Servir a Jesus para continuar a ser produtiva para o reino de Deus
4.     Servir a Jesus em forma de agradecimento pelo que Jesus fez por ela.
E como agradecimento foi fazer uma comida gostosa para Jesus.

Deus quer que você conheça o privilégio de ser uma pessoa que faz parte dos planos de Deus, não existe maior realização do que dar frutos para Jesus e viver seu chamado.
Tem gente muita gente querendo somente bênçãos, e se esquecem que o que o Senhor Jesus nos oferece é a oportunidade de trabalhar para o seu reino.

Tudo o que Jesus faz o objetivo maior é o crescimento do reino de Deus na terra.

Em Cristo

Pr. Ezequiel Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário