sábado, 9 de junho de 2012

A cura do paralítico de Cafarnaum - Parte 8

26º - Começaram a abrir um espaço entre as tábuas  – a FÉ ABRE O ESPAÇO DO IMPOSSÍVEL

(Marcos 2:4) - E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado onde estava, e, fazendo um buraco, baixaram o leito em que jazia o paralítico.

Naquela época, as casas tinham o teto plano. A laje era sustentada por vigas de madeira , coberta de terra (barro seco) empastado com palha. Eles fizeram o buraco no telhado e baixaram a “maca” com o paralítico.

1.     Era proibido subir a um telhado quando um Rabino estava falando quem dirá abrir um buraco entre as tábuas.
2.     Eles não se importaram com a proibição da lei, e abriram um buraco para poderem baixar seu amigo ate próximo de Jesus.

Imagine a cena cinco homens em cima do telhado, quatro homens fazendo barulho, derrubando pó, sujeira, mas não importava o que importava era verem o amigo curado por Jesus. Todo sacrifício valeria a pena por ver o amigo curado, restaurado, e andando. Provavelmente eles procuraram onde Jesus estava, ouviram a voz de Jesus ensinando a palavra de Deus, e começaram a arrancar o barro picado e logo em seguida tirar as tábuas para descer o amigo. Que cena de coragem, de audácia, de fé e esperança. Transpor todos os limites só para poderem ver o amigo curado.

Pense comigo as várias facetas das reações dos presentes naquela casa, ali havia muitas pessoas. Cada um esboçou a sua reação. Imagine agora a cara de Pedro, pensando no prejuízo que ia ter , na vergonha do acontecimento logo em sua casa, ele que era discípulo de Jesus. Talvez Pedro pensou, em pegar aqueles camaradas e dar uma surra neles. A reação dos doutores da lei, os fariseus, eles ficaram felizes, pois com certeza entenderam que o povo não respeitava Jesus como rabino, por isso a manifestação de revolta do povo, atrapalhando o seu discurso. A reação do povo, os por quês, de tudo aquilo.

Agora você já imaginou a reação de Jesus, a alegria de Jesus, vendo a fé daqueles homens. Talvez Jesus diz: Que fé extraordinária é essa?

(Marcos 2:5) - E Jesus, vendo a fé deles,


“Quando eu me uno com você, a minha fé e a sua fazem milagres acontecer”

“Quando eu me uno com você , nós podemos levar alguém até Jesus”

Ilustração : A filha de um homem se perdeu no meio do canavial, uma multidão saiu a procurar e alguém no meio daquela multidão tem uma idéia, “Vamos nos unir” . E todos então deram as mãos e saíram no meio do canavial. Ao chegarem no local onde estava a menina a acharam morta, então disseram :

Por que não fizemos isto antes?

27º - Jesus começa um processo de tratamento naquele homem

1.     Espírito
2.     Alma
3.     Corpo

Espírito

(Mateus 9:2) - E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo,

1.     Jesus o chama de - Filho
2.     Jesus o encoraja - Anima-te ;
3.     Jesus esta trazendo entusiasmo para aquele homem frustrado

(Habacuque 3:17) - Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; (Habacuque 3:18) - Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

(Habacuque 3:19) - O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas (corsas) , e me fará andar sobre as minhas alturas. (Para o cantor-mor sobre os meus instrumentos de corda).

1.     Ele Deus vai te dar pés de corsa
2.     Ele Deus me fará andar por cima das dificuldades

Alma

Mt 9.2 - perdoados te são os teus pecados.

O que mais o paralítico esperava era ser curado, mas Jesus concedeu algo muito maior , Jesus o animou, levantou a sua auto-estima e agora concede – o perdão dos pecados e a salvação.

O problema da humanidade não é a pobreza e sim o pecado. Todo problema da humanidade foi gerado por causa do pecado.

Não adianta eu estar curado e permanecer em pecado.

O que eu aprendo com isso?

1.     Que a salvação é mais importante que o milagre.
2.     Que o maior milagre é a salvação
3.     Jesus quer tratar da alma do ser humano, o resto é consequência da misericórdia divina para conosco.

Vamos voltar para o texto aqui:

(Marcos 2:5) - E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados.

(Marcos 2:6) - E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo:

(Marcos 2:7) - Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?

Jesus deu um nó na cabeça dos fariseus, escribas e do povo.

Só Deus pode perdoar pecados

(Isaías 43:25) - Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro.

 “Se Jesus esta mandando perdoar pecados ele esta dizendo que ele é Deus”

Logo ele é muito mais que o Messias, ele é o próprio Deus

(Marcos 2:6) - E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo:

(Marcos 2:7) - Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?

(Levítico 24:16) - E aquele que blasfemar o nome do SENHOR, certamente morrerá; toda a congregação certamente o apedrejará; assim o estrangeiro como o natural, blasfemando o nome do SENHOR, será morto.

Na mente dos doutores da lei e dos escribas Jesus teria que ser apedrejado.

28º - As condições de perdão sob a lei de Moisés ainda estavam em vigor nesse período da vida de Jesus.

(Marcos 2:7) - Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?

Todo rabino e doutor da lei sabia que o pecado era a transgressão da lei de Deus, era a desobediência à lei divina do Eterno. Por isso somente e exclusivamente Deus pode perdoar o pecado do homem que é transgressor da lei. Se alguém pecasse responderia perante a lei e se for condenado pagará pelo que cometeu perante os homens, mas perante Deus não estará justificada porque só o Eterno, Deus, poderia perdoar os pecados e o delito cometido pelo transgressor. Para isso existia o processo da substituição, da transferência do pecado em um animal cujo próprio Deus havia instituído como lei. A escolha do animal, a substituição do animal em lugar do transgressor e o derramamento de sangue do animal, porque sem sangue não havia remissão de pecados. Na mente dos doutores da lei, na lei estava incluída no perdão dos pecados uma série de rituais designadas por Deus. E somente Deus tem o direito de perdoar pecados.

Tinha que ter sacrifício; derramamento de sangue

1.     Agora de repente chega um homem e diz  “Perdoado são os seus pecados” ?

2.     “Só Deus pode perdoar pecados”.  Os fariseus estavam errados? Não

Os fariseus estavam certo, realmente só Deus pode perdoar pecados.

 Logo se só Deus pode perdoar pecados.Então, esse homem é Deus.

Este homem chamado Jesus é Deus. Creia você ou não , acredite você ou não ele é Deus.

Ele era o Messias Divino predito no Velho Testamento

Isaías 7:14 - Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.

Mateus 1:23 - Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.

"Emanuel" literalmente significa: "Deus conosco".

João 1:1 - 1 - NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 - Ele estava no princípio com Deus. 3 - Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

João 1: 14 - E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.

Esse Messias seria um menino humano, mas teria uma natureza divina superior a qualquer outro. Ele seria 100% homem e 100% Deus.

Isaías 9:6: Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz.

Essa declaração feita pelo profeta era muito forte, bem radical vindo de um profeta judeu e monoteísta. Ele cria em um único Deus e ele vai chamar um humano, um menino, um garoto que iria nascer de "Deus Forte"; essa foi uma declaração que Deus realizou séculos depois em Jesus Cristo. O Emanuel, o Deus conosco. O Verbo de Deus que se encarnou entre os homens.

Pare para pensar na confrontação da mente dos fariseus e dos escribas a respeito de Jesus Cristo.

1.     Quem é este homem ?
2.     Com que autoridade ele faz isso?
3.     Será que este homem é o próprio Deus?


Em Cristo

Pr. Eequiel Barbosa

@ezequielbarbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário