sábado, 21 de julho de 2012

A cura do servo do centurião - Parte 3

 

4º - O centurião criou um problema para os fariseus e para os líderes do povo (os anciãos)

Lucas 7: 3 - E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo.
Quem eram os anciãos?

O termo hebraico mais comum para ancião ou velho nas Escrituras Hebraicas é zāqēn – falava da idoneidade, do caráter ilibado, das cãs brancas e sabedoria provenientes de uma vida farta de dias. Esta palavra procede do vocábulo que deriva do cognato zāqān, cujo significado básico deste último é barba. Em função de os idosos usarem barbas crescidas é que a palavra começou a designar a "velhice", ou "ancião". Este termo, zāqēn, é muito comum nas Escrituras da Antiga Aliança, no Velho Testamento.

No grego por diversas vezes é traduzido pela Septuaginta (LXX) por presbyteros, que apontava para a maturidade de um líder entre os demais do seu povo :  “presbúteros” ou “présbus,eós”, que se traduz “velho, idoso, experiente; digno de respeito, venerável”. É a tradução para o grego de “ancião”, nome portanto dado para os anciãos nas igrejas gentias, onde se falava o grego. Como os líderes das sinagogas e do templo eram chamados “anciãos”, quando as igrejas começaram a surgir, os irmãos que estavam na direção também foram chamados “anciãos”.

1.     Os anciãos eram os chefes das tribos e famílias no Velho Testamento (Gênesis 50:7, Êxodo 3:18, etc.).
2.     Os anciãos das tribos de Israel eram consultados, desde Moisés até aos reis de Israel como autoridades entre o povo (2 Crônicas 34:29, etc.).
3.     Depois do exílio continuaram a ser as autoridades (Esdras 6:7,8, etc.).
4.     E nos tempos do Senhor Jesus e no início da igreja, eram as autoridades nas sinagogas (Mateus 15:2, etc.) e no templo, com os principais dos sacerdotes e escribas (Lucas 22:66, Atos 5:21, etc.).

Funções dos anciãos:

1.     Eles tomavam decisões políticas (2 Samuel 5:3; 2 Samuel 17:4,15).
2.     Davam conselhos ao rei mais tarde na história (1 Reis 20:7)
3.     Representavam o povo em relação a assuntos espirituais (Êxodo 7:17:5-6, 24:1,9; Números 11:16,24-25).

O centurião vai pedir para os anciãos chamarem a Jesus. Porém havia uma rivalidade entre os anciãos com relação a Jesus. Esta rivalidade vai ficando cada vez mais acirrada e torna-se insustentável ao ponto dos anciãos fazerem parte da morte de Jesus.

E os que prenderam a Jesus o conduziram à casa do sumo sacerdote Caifás, onde os escribas e os anciãos estavam reunidos.  Mateus 26:57

Ora, os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para poderem dar-lhe a morte;  Mateus 26:59

E, chegando a manhã, todos os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos do povo, formavam juntamente conselho contra Jesus, para o matarem; Mateus 27:1

Então Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos, Mateus 27:3

E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria. Marcos 8:31

E logo, falando ele ainda, veio Judas, que era um dos doze, da parte dos principais dos sacerdotes, e dos escribas e dos anciãos, e com ele uma grande multidão com espadas e varapaus. Marcos 14:43

E, logo ao amanhecer, os principais dos sacerdotes, com os anciãos, e os escribas, e todo o Sinédrio, tiveram conselho; e, ligando Jesus, o levaram e entregaram a Pilatos.  Marcos 15:1

E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo. Lucas 7:3

Dizendo: É necessário que o Filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia. Lucas 9:22

E aconteceu num daqueles dias que, estando ele ensinando o povo no templo, e anunciando o evangelho, sobrevieram os principais dos sacerdotes e os escribas com os anciãos, Lucas 20:1

Os fariseus tiveram que ir pedir para Jesus fazer um milagre ... Lc 7.3,4

Lucas 7: 3 - E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo.
Imagina o diálogo dos anciãos:

- Rapaz o centurião vai fazer a gente chamar Jesus mesmo, é verdade ou ele esta brincando?

O outro responde:

- Vamos ter que ir mesmo, a não ser que você consiga curar o rapaz, o servo do centurião?

O outro diz:

- O negócio vai ser chamar este tal de Jesus?

Amado imagina a conversa como não deve ter sido interessante. Segundo alguns teólogos os anciãos achavam que Jesus poderia relutar em ajudar aquele homem por ele não ser judeu. Então eles vão tentar convencer Jesus. Preste atenção no texto:

Lucas 7: 3 - E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo. 4 - E, chegando eles junto de Jesus, rogaram-lhe muito, dizendo: É digno de que lhe concedas isto, 5 - Porque ama a nossa nação, e ele mesmo nos edificou a sinagoga.

1.     Rogaram-lhe muito
2.     Pediram com insistência

– Faz Jesus, o Senhor pode, o Senhor tem poder.

Você pode até expulsar Jesus, mas sempre vão chamar ele de volta

1.     Lc 7. 4 – Este homem merece, ele é digno que lhe faça isso
2.     A gente não pode resolver mas o senhor pode
3.     Aqueles que te humilharam ainda vão te chamar

5º - Os fariseus queriam dar motivos para Jesus curar o servo do centurião

Lucas 7: 3 - E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo. 4 - E, chegando eles junto de Jesus, rogaram-lhe muito, dizendo: É digno de que lhe concedas isto, 5 - Porque ama a nossa nação, e ele mesmo nos edificou a sinagoga.

1.     Ele ama a nossa nação
2.     Ele construiu a Sinagoga (aquela que o senhor pregou Jesus, lá em Cafarnaum, lembra, o senhor expulsou demônio, ta lembrado)

6º - Lc 7. 6 - E Jesus foi com eles

1.     Não foi por causa dos rogos farisaicos
2.     É porque Jesus conhecia o coração daquele homem
3.     Jesus iria dar uma das mais lindas lições aos fariseus

7º - Vamos entender a dúvida dos textos de Mateus e Lucas

1.     Primeiro você continua em Lucas
2.     Agora o centurião não manda os fariseus , ele manda amigos (porque tinha que crer na autoridade de Jesus)
3.     Lc 7.6 – Não sou digno que entres na minha casa - O cidadão romano geralmente se achava superior a outros povos
4.     (o Senhor é mais digno que eu) – Ele reconhece a dignidade, a santidade de Jesus
5.     Olha o contraste v. 4 x v.6,7 ( os fariseus diziam ele é digno que o Senhor vá até sua casa)
6.     Ele reconhece a dignidade, e a santidade de Jesus
7.     Ele já tinha uma lição – Jesus não foi na casa de outro oficial – Jo 4.46-54
8.     O Senhor não precisa ir na minha casa – Uma palavra de longe e o meu servo sarará

8º - Em Mateus ele vai pessoalmente até Jesus – Mt 8

(Mateus 8:5) - E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe,
(Mateus 8:6) - E dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado. (Mateus 8:7) - E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde.

9º - Senhor tu és o Messias – O reis dos reis - Eu já vim pessoalmente para dizer que eu não sou digno de receber o Senhor na minha casa, o senhor não precisa ir lá Jesus

(Mateus 8:8) - E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar.

10º - Eu creio, eu tenho fé , na sua autoridade – E a sua autoridade é superior a minha

(Mateus 8:9) - Pois também eu sou homem sob autoridade (eu obedeço), e tenho soldados às minhas ordens (e dou ordens) ; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado: Faze isto, e ele o faz.

O poder da palavra

(Isaías 55:11) - Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

11º - Jesus encontrou fé

1.     Não foi em um judeu , conhecedor do Torá; das maravilhas de Deus
2.     Não foi em um discípulo que estava a quase dois anos com ele – Homens de pouca fé
3.     Mas em um gentio – Adorador de outros deuses

(Mateus 8:10) - E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel (na minha nação; no meu povo) encontrei tanta fé.

12º - O céu será um lugar de surpresa

(Mateus 8:11) - Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus;

(Mateus 8:12) - E os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes. (Mateus 8:13) - Então disse Jesus ao centurião: Vai, e como creste te seja feito. E naquela mesma hora o seu criado sarou.

 Pr. Ezequiel Barbosa

@ezequielbarbosa.com

Milagre : 10º - A cura do servo do centurião
Tema : Uma fé que impressiona
Texto : Lc 7.1-10  / Mt 8. 5-13
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário