sexta-feira, 17 de agosto de 2012

A viúva de Naim - Parte 3

Texto : Luc 7. 11-17
Milagre : 11º - A viúva de Naim
Tema : Cancelando o funeral – Os teus sonhos ainda permanecem vivos
 
9º - Existe um Contraste estampado no rosto e nas atitudes das multidões

Vamos analisar a multidão que saia

1.       A multidão que seguia a morte fazia coro de tristeza e lamento com a mãe chorosa...estavam todos de luto...somente lágrimas, pranto e dor...
2.       Cortejo fúnebre – é ambiente triste e melancólico. Ninguém sorri, ninguém jubila...Somente lágrimas pela perda...A morte assim o faz.

3.        Aquela mãe aflita, chorava copiosamente...Parentes e vizinhos tentavam consolá-la...Mas, não havia recurso...Estamos indo para o cemitério e lá deixarei meu único filho...

4.       Lá eu vou sepultar a minha esperança, a minha alegria, os meus sonhos

Os órfãos e as viúvas, na Bíblia, são a expressão do povo mais desprovido, desprotegido e fraco porque não conseguiam defender seus próprios direitos.

1º - Perdeu seu esposo

2º - Perdeu seu único filho ( sua alegria, seus sonhos,futuro, seu protetor,  sua linhagem, sua história)

3 º - Estava descendo cada vez mais em sua vida ( Cidade única entrada, e uma grande descida até o cemitério)

Perdeu o esposo, perdeu o filho e agora ....o que fazer? Estou deixando de sonhar

Pense agora  -  Imaginem a cena , o que passava na mente daquela viúva

1.       Toda mulher tem sonho em se casar  – Ela se casou. Sonhou tantas coisas com seu esposo...
2.       Eles tiveram um filho (único filho)
3.       Mas um dia ,  o seu marido morre e ela fica viúva.
4.       A partir de agora aquela viúva concentra todas as suas esperanças naquele sonho , em seu único filho .
5.       Mas, de repente, sem ela esperar, o seu mundo se desmorona,  o seu filho morre

Em sua mente, como um filme, a viúva mãe avaliava:

1.     O passado - perdera o marido recentemente,
2.     O presente - O que restou da sua família lhe foi tirado. (O Filho)
3.     O futuro - era desolador.

Todos nós passamos por momentos de aflição

Estava tudo bem pastor, vinha tudo bem, mas de repente

Jó também estava assim – Tudo bem, mas de repente

1.     Ele era íntegro, reto e temente a Deus
2.     Tinha  “sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois e quinhentas jumentas”,
3.     Criados e propriedades; ainda teve a sorte de gerar - 10 filhos - 7 homens e 3 mulheres

De repente Jó perdeu tudo

Nu sai do ventre de minha mãe e é nu que voltarei para lá, o Senhor deu , o Senhor tirou louvado seja o nome do Senhor

Agora se não bastasse isso ...

Era costume dos judeus alugar pranteadores para chorar quando alguém morria.

Uma pessoa enlutada rasgava a roupa que usava, batia no peito, jogavam cinzas e terra na cabeça

Imagine o cenário : Muito choro, trsteza, um cenário de melancolia, roupas rasgadas

1.       A multidão (os parentes, os amigos, os pranteadores , os músicos tocando salmos para consolo)
2.       A viúva
3.       E o seu filho sendo carregado em um longo cesto de vime, sobre uma tábua

Isto simboliza sonhos frustrados, projetos falidos, esperança perdida, sem alegria, andar cabisbaixo

A mulher judia, no tempo de Jesus, era considerada inferior ao homem. O marido é que era o dono da mulher. Se estivesse solteira, o dono era o pai. Se ficasse viúva, pertenceria ao cunhado solteiro. Lembra aquele fato que os saduceus perguntaram de quem a mulher iria ser esposa, se viesse a ressuscitar?

Vamos ler: Mc 12, 19: “Mestre, Moisés escreveu para nós: Se alguém morrer, e deixar a esposa sem filho, o irmão desse homem deve casar-se com a viúva, a fim de que possam ter filhos em nome do irmão que morreu”.

Sem possibilidades e sem esperanças de recomeçar.

Por que? Como já vimos.

Na antiguidade as mulheres não tinham emprego e não podiam se sustentar dignamente sem um homem.

1.     Um dos momentos mais difíceis para o ser humano é lidar com a morte, principalmente quando acomete o seio da família.
2.     Neste caso o filho único de uma viúva veio a falecer, significando o fim da esperança para esta mulher.
3.     Pela lei judaica ela deveria ser amparada, mas as viúvas estavam sendo desprezadas.
4.     Ela, como nenhum pai ou mãe estava preparada para enterrar um filho, um único filho.
5.     Sua vida perdera o sentido.
6.     Os seus sonhos se acabaram

Talvez você esteja como aquela viúva, sonhos acabados, engavetados, aprisionados

Mas ouça, com razão canta a irmã Ludmila Ferber:
Se tentaram matar os teus sonhos
Sufocando o teu coração
Se lançaram você numa cova
E ferido perdeu a visão

Não desista não pare de crer
Os sonhos de Deus jamais vão morrer
Não desista não pare de lutar
Não pare de adorar
Levanta os teus olhos e vê
Deus está restaurando os teus sonhos
E a sua visão!

1.     Os nossos sonhos são o nosso combustível para continuarmos a tocar a vida
2.     Nós somos motivados pelos nossos sonhos :
3.     Quem deixa de sonhar é porque morreu.

·         Sonhos materiais: casa própria, carro novo, faculdade, segurança da família
·         Sonhos profissionais: emprego melhor, posição melhor, salário melhor
·         Sonhos Ministeriais: crescer , avançar, pregar, viajar, cantar, fazer a obra
·         Sonhos Espirituais : Orar mais, vir mais a igreja, ler mais a bíblia, ser cheio de poder, ter os dons espirituais, ver milagres

Você tem sonhos aqui? – Eles vão acontecer

1.     Muitas pessoas não realizam os seus sonhos,  pois são extremamente pessimista em relação a vida.
2.     Infelizmente, frases como:  Eu não tenho oportunidade, ninguém me ajuda, eu não tenho apoio

"Jamais conseguirei!", "Sou velho demais para isso", "Não vou chegar lá" têm sido bastante comuns.

Como vencer essas sentenças que sempre antecipam o fracasso?

Continue sonhando, não desista do que Deus preparou para você

Qualquer luta, já está dizendo aí pastor, aí muié, aí bem, é muita luta, é muita prova..

·         Os demônios estão com pás preparadas para enterrar os seus sonhos
·         Os coveiros do maligno estão esperando o momento para enterrar os seus sonhos

Mas Jesus está ao seu lado também. Para te dizer volte a sonhar

10º - Ela está a caminho do cemitério – Ela vai sepultar os seus sonhos

1.       Ela está dentro de Naim,- Lugar agradável , aprazível
2.       Com a morte de seu filho, a cidade de Naim se torna para esta viúva um lugar de desolação e angústia, perde seu valor.
3.       Ela não consegue mais vislumbrar a beleza e a graciosidade dali, a não ser a dor

“OS SONHOS PERMANECEM DENTRO DA CIDADE, MESMO MORTOS, O PROBLEMA É QUANDO EU SAIO DA CIDADE EU ENTERRO OS MEUS SONHOS”.

O cemitério ficava fora de Naim.

Satanás queria que aquela mulher saísse de Naim.

Naim no hebraico sig: “beleza”.

Naim representa a casa da pessoa, a igreja onde congrega, o departamento em que atua, o teu emprego, a tua faculdade, o teu ministério, o seu casamento , o seu lugar agradável.

A sua Naim vai voltar a ser bela e aprazível, creia , acredite Deus esta contigo

A sua cidade é o seu coração  

Não deixe os teus sonhos saírem de dentro da cidade

11º - Os sonhos daquela mulher tinham se acabado

1.       O marido
2.       O filho

10 minutos da porta da cidade ao cemitério

De um lado Jesus chegando

1.       Jesus vem caminhando pela estrada que vai de Cafarnaum à Naim.
2.       Quase chegando na cidade, Jesus passa em frente ao cemitério, que ficava na mesma entrada em que percorria.
3.       O cemitério distava 10 minutos da cidade.
4.       Jesus olha para o cemitério e vê uns homens cavando uma cova. Eram os coveiros.
5.       Os coveiros não ganhavam salários mensais, ganhavam por enterro.
6.       Eles estavam esperando o jovem chegar para enterrá-lo.
7.       Os coveiros se alimentam da morte dos outros (Ec 10:8)
8.       Jesus os observa, mas prossegue, pois Ela tinha que chegar até a porta da cidade.

Do outro lado a viúva

Enquanto isso, o diabo ia sussurrando no ouvido daquela viúva, dizendo à ela que por mais uma vez ela teria que passar pela mesma dor, a dor de enterrar, pois ela já havia enterrado o seu marido.

Talvez você esteja como aquela viúva, sonhos acabados, engavetados, aprisionados

Mas Jesus vai ressuscitar os seus sonhos.

@ezequielbarbosa


Um comentário: