quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Jesus acalma a tempestade, - parte 4




Tema : Jesus acalma a tempestade -  Galiléia
Textos : Mateus 8.18,23-27; Marcos 4.35-41; Lucas 8.22-25
  

1º - A tempestade provoca medo em nós, porque ela é maior do que nós.

As lutas são maiores do que nós, mas o meu Deus é maior do que as lutas.

“Os soldados diziam : Este gigante é muito grande não podemos vencê-lo”
“Davi disse: esse gigante é tão grande que eu não erro a testa dele”

  1. Todos nós muitas vezes somos tomados por um sentimento chamado medo.
  2. Paulo diz : por fora combates que enfrento , por dentro temores, medos
  3. Muitas vezes temos: receio, insegurança, complexos, dúvidas sobre nós mesmos, sentimo-nos incapazes para maiores realizações
  4. Muitos deixam de conquistar, de alcançar, de vivenciar o melhor de Deus por causa do medo
  5. O medo é a fé negativa gerado pela insegurança e falta de confiança

Tem medo para todo gosto: de emagrecer, de engordar, medo de barata ( revolucionário , terrorista Sadam Hussein), de escuro, de dirigir, de voar, de aterrisar, de casar, de ter filhos, de trabalhar, de não conseguir pagar todas as minhas contas, de tentar , de ariscar, de enfrentar novos desafios

A psicologia apresenta alguns pontos sobre o medo 

1º - O maior motivo do medo é o medo de fracassar

 Um pastor na Inglaterra encontrou um jovem com uma camiseta “Eu nasci para o fracasso” Deu outra para ele : Em Cristo Jesus eu sou mais que vencedor.

  1. Você não vai fracassar como profissional ( você vai conseguir desenvolver suas tarefas )
  2. Você não vai fracassar como cônjuge ( como marido, como esposa, péssimo relacionamento )
  3. Você não vai fracassar como pai e mãe ( na educação dos filhos )
  4. Você não vai fracassar na obra de DEUS ( como pastor, líder, obreiro ; na vida espiritual. )

2º - O Medo de fracassar nos impede 

  1. De tentar de novo
  2. De enfrentar novos desafios

Com isso nunca avançam, porque o medo de fracassar os paralisa, os imobiliza, os engessa

2º - A tempestade nos faz sermos críticos das ações de Deus. (Porque Deus? Pra que Deus?)

1.     Essas palavras expressaram mais uma crítica do que um pedido de ajuda.
2.     Às vezes é mais fácil reclamar de Deus do que depositar nossa ansiedade aos seus pés e descansar na sua providência.

3º - A tempestade nos faz termos fé, mesmo sendo críticos

“Porque se estamos criticando é porque ainda cremos que ele tem a solução”

Veja as criticas de Habacuque 1,2 – resposta no 3

Esse grito evidencia que ainda tem um pouco de  fé.

1.     Se os discípulos estivessem completamente sem fé, eles não teriam apelado a Jesus.
2.     Eles não o teriam chamado de Mestre. Eles não teriam pedido a ele para salvá-los.
3.     Eles ainda tinham fé. Você não esta criticando você ainda tem fé...

Mestre; o mar se revolta, as ondas nos dão pavor
O céu se reveste de trevas não temos um Salvador
Não te incomodas conosco?, podes assim dormir?
Se a cada momento estamos bem perto de submergir.
As ondas atendem ao meu mandar: sossegai!
Seja o encapelado mar
A ira dos homens, o gênio do mal
Tais águas não podem a nau tragar
Que leva o Senhor Rei do céu e mar
Pois todos ouvem o meu mandar: sossegai, sossegai!
Convosco estou para vos salvar: sim, sossegai!

Mestre na minha tristeza estou quase a sucumbir
A dor que perturba minha alma, eu peço-te, vem banir
De ondas do mal que encobrem, quem me fará sair?
Pereço sem ti, ó meu Mestre, vem logo, vem me acudir

Mestre, chegou a bonança, em paz vejo o céu e mar
O meu coração goza calma que não poderá findar
Fica comigo,ó meu Mestre, dono da terra e céu
E assim chegarei bem seguro ao porto, destino meu.



Jesus ainda esta no barco.  Para ele não há causa perdida. Ele é o Deus dos impossíveis.

Segunda pergunta

(Mateus 8:26) - E ele disse-lhes: Por que temeis , homens de pouca fé?

(Lucas 8:25) - E disse-lhes: Onde está a vossa fé?  Por acaso vocês na tem fé?

(Marcos 4:40) - E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?

Esta pergunta de Jesus nasce depois de:

1.     Um grito de desespero dos discípulos – Salve-nos

2.     De uma ação miraculosa de autoridade de Jesus 

(Marcos 4:39) - E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.

(Lucas 8:24) - E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança.

1.     Se achegam a ele

2.     O chamam de Mestre – Raboni -  “eles criam a última palavra é sua”.

“Quando você não pode mais agir Deus pode”.

Pastor eu não entendi? Eles não criam que Jesus podia acalmar a tempestade.

1.     Sim , criam
2.     Mas Jesus tem a hora certa de agir.
3.     Jesus quer que você e eu tenhamos fé e autoridade e não medo

A tempestade revela que somos medrosos, e covardes e que não temos fé.

A palavra grega para medo é deilos  - significa “medo covarde”. Jesus chama os discípulos de covardes

(Marcos 4:40) - E disse-lhes: Por que sois tão tímidos / deilos – medo covarde? Ainda não tendes fé?

1.     Os discípulos viviam com Jesus, OUVIAM AS PALAVRAS DE JESUS
2.     Viram seus feitos todos os dias e ainda assim se angustiaram.

(Marcos 4:40) - Ainda não tendes fé? Cadê a vossa fé?

“Onde o medo prevalece, a fé desaparece”.

Medo é um sentimento negativo que deforma a mente (a alma – a vontade, os desejos), atacando a personalidade inteira ( rouba a vitalidade e a força do corpo, e rouba o gozo e a alegria do espírito)

1.     Medo de enfrentar situações, acho que todos nós já sentimos assim.
2.     O problema não é sentir medo; é permitir que o sentimento de medo ou timidez me faça parar, desistir, não enfrentar, fugir.

“Quem se mostra fraco numa crise perde as forças”

Prov 24.10 – Se te mostrares frouxo, fraco no dia da angústia, a tua força será pequena”

O ser humano acaba se tornando o fruto de seu pensamento

(ver Prov.23:7) – Porque assim como imaginou na sua alma assim é. (Tela imaginativa : soluções ; realizações)

“Eu sou fruto daquilo que penso que sou”

(Isaías 28,16) -  “Por isso, o SENHOR Deus diz:”Estou colocando em Sião uma pedra, uma pedra preciosa que eu escolhi, para ser a pedra principal do alicerce. (Nela está escrito isto: Quem tem fé não tem medo” ).


O medroso não tem coragem de enfrentar os desafios, as crises, as lutas

Ex:  Vestibular ; fazer a prova ; entrevista de emprego ; concurso público ; tirar a carta ; problemas conjugais; problemas com os filhos ; problemas na empresa ; problemas na igreja.

Medo de comprar; de fazer; de ajuntar; planejar; sonhar.

Aqui Jesus esta querendo dizer: Porque vocês não a enfrentam O DESAFIO ? Cadê a vossa fé?

(Hebreus 11:6) - Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

Diga : Eu não posso ter medo. Eu preciso ter fé.

1.     Deus não tem prazer nos covardes, medrosos

(Hebreus 10:38) -  Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.

(II Timóteo 1:7) -  Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.

2.     No exército de Deus não pode se admitir covarde

(Deuteronômio 20:8) -  E continuarão os oficiais a falar ao povo, dizendo: Qual é o homem medroso e de coração tímido? Vá, e torne-se à sua casa, para que o coração de seus irmãos não se derreta como o seu coração.

(Juízes 7:3) -  Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram.

3.     No céu não entra covarde

(Apocalipse 21:8) -  Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

(Deuteronômio 20:1) - QUANDO saíres à peleja contra teus inimigos, e vires cavalos, e carros, e povo maior em número do que tu, deles não terás temor; pois o SENHOR teu Deus, que te tirou da terra do Egito, está contigo.

@ezequielbarbosa

2 comentários:

  1. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, deixe o link.
    António Batalha.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir
  2. hoge vejo o que realmente e o senhor em minha vida e atravez destas menssagens sinto- me mais confiante no poder de deus que continue usando o irmao com grande sabedoria amemm paz

    ResponderExcluir